Entre Céus e Poesia
Versos suspensos na aurora das manhãs
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
ContatoContato
LinksLinks
Textos




 


     TEMPUS LUMINUM

     (Luzes do Tempo)


     É o azul
     é o céu
     é o amor
     doce mel

     que me faz
     mergulhar
     nestas águas
     tão puras
     no reflexo
     do mar

     e sincroniza em acordes
     esta linda canção

     sonhos
     primaveras
     e desejos
     de verão

     bem tecidos
     e entrelaçados
     em cada espaço
     eternizados
     em nosso mais íntimo

     c
     o
     r
     a
     ç
     ã
     o


 
Entre céus e poesia
Enviado por Entre céus e poesia em 16/12/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Áudios Relacionados:
TEMPUS LUMINUM - Entre céus e poesia